Ir para o conteúdo
ou

Software livre Brasil

Tela cheia Sugerir um artigo
 Feed RSS

Curitiba Livre

6 de Dezembro de 2009, 22:00 , por Desconhecido - | No one following this article yet.

Debian Day 2016 em Curitiba: 13/08/16 na Uniandrade

2 de Agosto de 2016, 12:34, por Paulo Santana - 0sem comentários ainda

Banner debianday 2016

A Comunidade Curitiba Livre convida a todos para a partir das 10:00h do dia 13 de agosto de 2016 (sábado) celebrar o aniversário do projeto Debian no Centro Universitário Uniandrade.

As atividades acontecerão no auditório da Uniandrade, que fica na rua João Scuissiato, nº 1, Santa Quitéria - Curitiba PR.

Contamos com a sua presença!

Sobre o Debian:

O Projeto Debian é um grupo mundial de voluntários que se esforçam por produzir uma distribuição de um sistema operacional que é composto inteiramente por Software Livre.

O Debian é amplamente usado no mundo em empresas como Exército brasileiro, Eletronorte, Department of Physics, Harvard - EUA, School of Computer Science and Engineering - Canadá, London Health Sciences Centre - Canadá, entre outros.

Neste ano vamos colocar a mão na massa e presentear o Debian da seguinte forma:

  • Caça a bus e empacotamento: vamos caçar bugs e aprender a empacotar softwares no Debian. Contamos com a sua colaboração.
  • Tradução: vamos traduzir do inglês para português páginas do site oficial, documentos e descrições de pacotes do Debian. Então, se você tem facilidade com o inglês e gosta de escrever é só chegar!
  • Elaboração de uma página colaborativa sobre Debian: vamos elaborar uma página com links para textos, tutoriais, dicas, vídeos, notícias, etc, sobre o Debian. Se você gosta de navegar na internet aqui é o seu lugar!
  • Publicações nas redes sociais: durante o dia vamos publicar informações, curiosidades, links, etc. Se você gosta de compartilhar nas redes sociais e interagir on-line o seu lugar é aqui!

No início das atividades teremos uma palestra sobre como contribuir com o projeto Debian.

Quais são os pré-requisitos para participar dos grupos de trabalho?

  • Querer aprender/compartilhar conhecimento sobre o Debian.
  • Não precisa ter experiência, esse é um dia de aprendizado!
  • Para participar das atividades mão na massa é só se juntar ao grupo e começar a contribuir. Se você quer contribuir mas não tem experiência, não tem problema, o pessoal vai te ajudar e te ensinar como fazer.

Quer participar?! Então, acesse o site abaixo para ver mais informações e se inscrever:

http://debianday.curitibalivre.org.br





Proposta para a área das comunidades no FISL17

25 de Maio de 2016, 16:33, por Paulo Santana - 0sem comentários ainda

Nome da comunidade/projeto/entidade/grupo:

Comunidade Curitiba Livre.

Estimativa do número pessoas movimentando as atividades no espaço do grupo na Área das Comunidades:

4 pessoas.

Conteúdos/informações que demonstram contribuições do grupo em questão:

Organização de eventos de software livre em Curitiba nos últimos anos como: FLISOL, Software Freedom Day, Debian Day, Education Freedom Day, Document Freedom Day.

Proposta de atividades/ações no espaço da Área das Comunidade:

Distribuição de panfletos sobre software livre, adesivos da comunidade, sorteio de camisetas da comunidade.

Como contribuirão com o install fest, ou seja, que projetos de software livre vinculados à sua comunidade eles podem ajudar a instalar:

Instalação de Debian GNU/Linux.

Contribuição para atividades que ajudem a movimentar o FISL, ou seja, integração com os visistantes:

Conversar com o pessoal para incentivar a criação de grupos locais de software livre que possam reunir pessoas de vários outros grupos para principalmente organizar eventos como FLISOL e Software Freedom Day.

Lightning talks (18 minutos) que o grupo poderá promover na Área das Comunidades:

  • Ações da Comunidade Curiitba Livre para estimular o Software Livre - Daniel Lenharo de Souza

  • Como o Software Livre está presente no nosso dia a dia - Leonardo Rodrigues Pereira

Deixar claro como convidarão as pessoas:

As pessoas serão convidadas por meio de postagens na lista de discussão do grupo, e nos perfis das rede sociais como twitter, página no Facebook, grupo do Facebook, e Diasporabr.

Links para as páginas e listas principais do projeto em que a comunidade/grupo faz parte, bem com a(s) lista(s) do próprio grupo:

Informar se enviou uma proposta de Encontro Comunitário no FISL (via a chamada de trabalhos):

Não foi enviado.

Indicar de 2 a 4 coordenadores do grupo na Área das Comunidades (nome e e-mail de cada um):

Informar outras atividades: hackathon, workshop, install-party, festa de lançamento, aniversário da comunidade, mesa redonda, URC etc.

Por enquando não foi planejado.

 



8ª etapa do Circuito Curitibano de Software Livre - 31 de maio e 01 de junho na Opet

23 de Maio de 2016, 19:47, por Paulo Santana - 0sem comentários ainda

A 8ª etapa do Circuito Curitibano de Software Livre acontecerá durante a Semana Acadêmica da Opet, nos dias 31 de maio e 01 de junho das 19h30min às 22h30min.

Serão 6 palestras apresentadas por membros da comunidade de Software Livre de Curitiba sobre os conceitos de Software Livre e Distribuições GNU/Linux, a linguagem de programação Python, como ser um SysAdmin que trabalha com GNU/Linux , o software de modelagem 3D Blender, o CMS WordPress, e as atividades desenvolvidade pela Comunidade Curitiba Livre e como se juntar ao grupo.

O Circuito Curitibano de Software Livre é totalmente gratuito e nesta 8ª etapa é exclusivo para estudantes, professores e funcionários da Opet.

Aqueles que quiserem participar do sorteio dos brindes, deverão estar presentes no local no momento do encerramento do evento. Nesta etapa, contamos com o apoio do Nic.br que doou um roteador wi-fi do projeto SIMETBox para sorteio. Também teremos algumas camisetas e outros brindes.

Veja a programação completa.

Para saber mais sobre o projeto Circuito Curitibano de Software Livre leia a nossa apresentação e se tiver interesse em levar o evento para a sua Faculdade/Universidade, entre em contato conosco através do email: contato@curitibalivre.org.br

Organização: Promoção:
Apoio:  


Código de desconto para 18º Encontro Locaweb de Profissionais de Internet em Curitiba #18elw

11 de Maio de 2016, 17:27, por Paulo Santana - 0sem comentários ainda

A Comunidade Curitiba Livre ganhou um código que dá 50% de desconto na inscrição para a 18ª edição do Encontro Locaweb de Profissionais de Internet que vai acontecer dia 21 de maio em Curitiba.

Quem quiser o código, é só enviar um email para: contato@curitibalivre.org.br

 

 

Banner locaweb 2016



7ª etapa do Circuito Curitibano de Software Livre - 17 de maio na UNICURITIBA

11 de Maio de 2016, 17:25, por Paulo Santana - 0sem comentários ainda

A 7ª etapa do Circuito Curitibano de Software Livre acontecerá na UNICURITIBA, no dia 17 de maio de 2016 das 19h0min às 22h30min durante a V Jornada de Atualização em Informática.

Serão 5 palestras apresentadas por membros da comunidade de Software Livre de Curitiba sobre os conceitos de Software Livre e a Comunidade Curitiba Livre, a distribuição Debian GNU/Linux, o CMS WordPress, Business Intelligence & Analytics, e negócios em Software Livre.

O Circuito Curitibano de Software Livre é totalmente gratuito e nesta 7ª etapa é exclusivo para estudantes, professores e funcionários da UNICURITIBA.

Aqueles que quiserem participar do sorteio dos brindes, deverão estar presentes no local no momento do encerramento do evento. Nesta etapa, contamos com o apoio do Nic.br que doou um roteador wi-fi do projeto SIMETBox e da ASL.Org que doou bolsas/malas do FISL para sorteio. Também teremos algumas camisetas e outros brindes.

Veja a programação completa.

Para saber mais sobre o projeto Circuito Curitibano de Software Livre leia a nossa apresentação e se tiver interesse em levar o evento para a sua Faculdade/Universidade, entre em contato conosco através do email: contato@curitibalivre.org.br

Organização: Promoção:
Apoio:  


Mini-DebConf Curitiba 2016 foi um sucesso

9 de Março de 2016, 10:31, por Daniel Lenharo de Souza - 0sem comentários ainda

Mini-DebConf Curitiba 2016

Prezad@s colegas, participantes e envolvido/as,

A Mini-DebConf Curitiba 2016 foi um sucesso! Tivemos ao longo de 2 dias de dedicação ao Projeto Debian 20 horas de programação. Foram 85 pessoas presentes aproveitando 12 palestras, 07 Lightning Talks e 05 Workshops.

A organização vem, com enorme alegria e satisfação, agradecer a importante participação, presença e confiança de cada um@ de vocês.

Agradecemos aos palestrantes por dedicarem seu conhecimento para preparar as apresentações e compartilhar com o público presente.

Agradecemos a cada um(a) dos(as) participantes que acreditaram no evento e compareceram e contribuíram para aproximar mais a comunidade Debian.

Agradecemos à Aldeia Coworking por gentilmente ceder o espaço físico e colaborar para a realização do evento.

Por fim, mas não menos importante, agradecemos A TODA EQUIPE dedicada que trabalhou com afinco manhã, tarde, noite e madrugada, meses antes, semanas antes, dias antes do evento iniciar. Cada membro desta equipe superou limites, superou expectativas, buscando o sorriso no rosto com o exercício da solidariedade na solução de qualquer problema que se apresentasse. Esperamos que, de alguma forma, a Mini-DebConf Curitiba 2016 possa ter colaborado para o seu crescimento pessoa e profissional.

A organização convida a todos os envolvidos neste evento a investirem energia na continuidade do espirito colaborativo e fortalecimento da comunidade Debian e do Software Livre no Brasil e no mundo.

Obrigado!!

 

 



Chamada de trabalhos para o FLISOL 2016 em Curitiba

18 de Fevereiro de 2016, 11:03, por Paulo Santana - 0sem comentários ainda

Está aberta a chamada de trabalhos para o FLISOL 2016 em Curitiba. O evento acontecerá dia 16 de abril de 2016 das 9:00h às 18:00h na PUCPR.

Serão aceitos palestras e workshops relacionados à Software Livre.

 

Inscreva sua proposta até dia 02 de marços pelo site:

http://papers.curitibalivre.org.br/flisol2016

 

Maiores informações sobre o evento:

http://flisol.curitibalivre.org.br



Produtos com a logomarca Debian a venda

17 de Fevereiro de 2016, 10:25, por Paulo Santana - 0sem comentários ainda

A Comunidade Curitiba Livre está iniciando a partir de hoje a venda on-line antecipada dos produtos abaixo com a logomarca do Debian:

  • Camiseta (3 modelos)
  • Caneca de porcelana
  • Cordão para crachá
  • Adesivo de vinil

O site para a compra é: http://loja.curitibalivre.org.br

Neste momento será possível fazer o pagamento da compra apenas por depósito ou transferência bancária, e a entrega dos produtos será realizada apenas durante a Mini-DebConf nos dias 05 e 06 de março de 2016 em Curitiba. Reforçamos a informação que não enviaremos os produtos pelo Correio.

Todo o lucro obtido com as vendas será revertido para viabilizar a organização da Mini-DebConf Curitiba 2016 e de futuros eventos de Software Livre organizados pela Comunidade Curitiba Livre.

Esta é a nossa primeira experiência com venda on-line, e as pessoas envolvidas na administração do site são todas voluntárias,  por isso pedimos a sua compreensão e paciência. Desde já nos colocamos a disposição para tirar qualquer dúvida no email: contato@br2016.mini.debconf.org

Não perca esta oportunidade de ter produtos com a logomarca do Debian e ajudar as comunidades Debian e de Software Livre de Curitiba. Realize a sua compra o quanto antes para que tenhamos tempo suficiente para confeccionar os produtos e entregá-los na Mini-DebConf.

http://loja.curitibalivre.org.br

 



Posicionamento dos organizadores do FLISOL 2016 em Curitiba sobre a campanha #semUbuntu

10 de Fevereiro de 2016, 12:34, por Paulo Santana - 0sem comentários ainda

Um pouco da história do FLISOL em Curitiba

A comunidade de software livre de Curitiba organiza o Festival Latino-americano de Instalação de Software Livre - FLISOL, desde a sua primeira edição em 2005, e em todos esses anos apenas em 2011 o evento não foi realizado na cidade. Ou seja, de 12 edições, estivemos presentes em 11.

As primeiras edições do FLISOL em Curitiba sempre tiveram muitos visitantes que levaram seus computadores para instalar uma distribuição completa GNU/Linux.  A maioria desses visitantes tinha receio de instalar sozinho uma distribuição, principalmente por desconhecimento de como fazer um dual-boot. Outros visitantes até já haviam instalado uma distribuição, mas precisavam de ajuda para configurar uma determinada placa como de vídeo, rede, modem, som, etc.

Assim como tínhamos muitos visitantes, haviam também muitos instaladores voluntários dispostos a ajudar. Sempre que um instalador perguntava para os coordenadores do FLISOL qual distro eles deveriam instalar para os visitantes, a resposta era sempre a mesma: "instale aquela distribuição que você tem mais conhecimento e que se sinta mais confortável para usar. Você não é obrigado a instalar uma distro que você não conhece, principalmente para não fazer nenhuma bobagem no computador do visitante".

Como naqueles anos a maioria dos instaladores eram membros do Grupo de Usuários Debian do Paraná - GUD-BR-PR, a distribuição mais instalada era o Debian, ou seja, eles instalavam aquilo que eles eram especialistas. Muitas vezes o pessoal do GUD-BR-PR se sentia desafiado a fazer o Debian rodar em qualquer hardware que aparecia e em várias edições eles ficaram após o horário de encerramento em volta de um computador quebrando a cabeça e procurando soluções para uma determinada placa que insistia em não funcionar.

Em várias edições também apareciam voluntários dispostos a instalar outras distribuições como Conectiva (que tinha a sede da empresa em Curitiba e indicava funcionários para ajudar no evento), Slackware, Fedora, Ubuntu, etc. Mas esses instaladores de outras distribuições sempre eram em menor número do que o pessoal do GUD-BR-PR, em alguns casos era apenas um instalador de Slackware por exemplo. Mesmo com algumas distribuições sendo mais amigáveis na instalação e configuração, o pessoal do GUD-BR-PR mantinha o  seu ideal de instalar apenas Debian, seguindo a orientação da coordenação de que "cada instalador tinha a liberdade de instalar a distro da sua preferência".

O que acontecia quando um visitante chegava no FLISOL e pedia para alguém instalar uma distribuição especifica mas que não tinha nenhum instalador disponível (seja porque o instalador estava ocupado ou porque não tinha nenhum presente)? Por exemplo, o visitante pedia para instalar o Slackware porque ele tinha ouvido dizer que era legal. A coordenação explicava que não seria possível mas que ele podia ter uma outra distribuição como o Debian porque tinha instalador disponível, e era explicado pra ele as diferenças e semelhanças entre as distribuições. Se o visitante não quisesse ter instalado o Debian, tudo bem, ele não era atendido e não tinha nada instalado no seu computador. Mas nunca, em hipótese alguma, um instalador de Debian era obrigado a instalar Slackware só porque o visitante queria. E isso servia para qualquer distribuição.

Os anos se passaram, o número de visitantes querendo instalar uma distribuição completa ou querendo configurar alguma placa diminuiu bastante principalmente porque todas as distribuições se tornaram muito mais amigáveis para usuários leigos. Consequentemente o número de instaladores também diminuiu e muitos daqueles membros do GUD-BR-PR deixaram de participar do FLISOL. Outros voluntários apareceram, o número de instaladores de Ubuntu aumentou em relação a outras distribuições como Fedora, Mandriva, etc, mas os instaladores de Debian sempre continuaram sendo maioria. O que nunca mudou foi a premissa de que cada instalador tinha a liberdade de escolher qual distribuição instalar, e que ele poderia ser recusar a instalar outra distribuição caso não quisesse.

A campanha "FLISOL 2015 sem Ubuntu"

No início do mês de março de 2015 Anahuac de Paula Gil lançou uma petição on-line para que o FLISOL não se usasse Ubuntu nas instalações.  Essa ação iniciou um longo debate dentro da comunidade brasileira de Software Livre  a respeito do tema e que dura até hoje.

Alguns dias após a divulgação da petição, o então coodenador nacional do FLISOL no Brasil Thiago Paixão publicou uma carta aberta aos coordenadores e colaboradores do FLISOL Brasil com o título "FLISOL sem Ubuntu" por meio do qual recomendava a não instalação da distribuição Ubuntu nas cidades que estavam  organizando o evento. O trecho abaixo explica quais os motivos para essa recomendação:

"Hoje temos esse cenário ocorrendo em diversas distribuições GNU/Linux, mas é inegável que o exemplo mais emblemático fica a cargo da distro mais popular da atualidade, o Ubuntu da Canonical e suas variantes. É de amplo conhecimento que o Ubuntu vem recheado de drivers e softwares privativos em sua instalação padrão, não orientando e muito menos dando opção de não instalação à seus usuários, gerando uma grande desinformação e dependência, em especial dos usuários mais novos. Sua situação se agrava quando em 2012 foi identificado que, sem um prévio aviso adequado e autorização do usuário, o Ubuntu coletava e vendia dados de seus usuários para empresas como a Amazon, tornando-se a primeira distro a adotar tais práticas invasivas que desrespeitam seus usuários e a tudo que é defendido pelo Movimento de Software Livre. No geral, as políticas empregadas pela Canonical em seus produtos, sempre foram questionáveis do ponto de vista das liberdades e filosofia propostas pelo Software Livre, trazendo total desconforto à comunidade como um todo, trazendo à tona todo esse debate."

Nesse mesmo texto, o Thiago Paixão deixa bem claro que isso é uma recomendação, e não uma imposição da coordenação nacional, ou seja, cada cidade teria autonomia para decidir o que seria ou não instalado nos computadores dos visitantes conforme pode ser visto no trecho abaixo:

"Deixo claro na carta que não há uma posição oficial da organização do  FLISOL, por tanto a responsabilidade e decisão cabe a nós coordenadores  regionais. De qualquer forma, enfatizo que a carta como um todo, o  posicionamento e a recomendação são do coordenador do nacional, e não  uma posição oficial do FLISOL."

Mas mesmo com essa afirmação, houve muita confusão gerada por pessoas que passaram a afirmar que o FLISOL no Brasil havia decidido não instalar Ubuntu em nenhuma cidade.  Essa informação equivocada provocou alguns boicotes de pessoas que se acharam excluídas do evento por utilizarem Ubuntu e de outras que acharam injusta a recomendação.

No dia seguinte a publicação do texto "FLISOL sem Ubuntu", Alexandre Oliva, membro do conselho da Fundação Software Livre América Latina (FSFLA), publicou um texto com o título "Por um FLISOL Exemplar" em que recomendava que fossem instalados apenas softwares livres. Segue um trecho do texto:

"Para um novo usuário, a instalação de uma distribuição 100% Livre pode muito bem funcionar 100%, mas do contrário abrirá caminho para explicar o problema do hardware incompatível com a liberdade. É óbvio que a notícia da incompatibilidade será desapontadora para muitos visitantes, e muitos instaladores podem ficar de coração apertado se não "ajudarem" o visitante a instalar blobs e drivers privativos de liberdade exigidos pelo hardware, ou plugins "necessários" para que distribuidores de obras autorais de entretenimento tomem o controle do computador do visitante. São dilemas sem solução favorável: é preciso decidir entre comunicar que algum software privativo de liberdade é aceitável e até desejável, ou arriscar afastar um usuário ao mostrar a importância da resistência firme ao software privativo de liberdade."

As discussões a respeito do Ubuntu e a instalação de softwares livres e não livres no FLISOL aconteceram  em diversos  espaços como nas listas do PSL-Brasil e do flisol-br sempre dividindo opiniões.  Muita gente, muita gente mesmo opinou sobre o assunto, e de várias formas diferentes. Uma busca na internet por "flisol sem ubuntu" irá mostrar diversas mensagens de e-emails, textos, vídeos, podcasts, etc.

As cidades organizadoras do FLISOL 2015 no Brasil passaram a ter 3 linhas de ação para escolher:

  1. Instalar para os visitantes qualquer distribuição incluindo o Ubuntu, mesmo com softwares não livres.
  2. Aderir a campanha "FLISOL sem Ubuntu" e instalar para os visitantes qualquer distribuição, exceto o Ubuntu, mesmo com softwares não livres..
  3. Aderir a campanha "FLISOL exemplar" e instalar para os visitantes apenas as distribuições 100% livres recomendadas pela FSF e apenas softwares livres.

O FLISOL 2015 em Curitiba

Alguns membros da Comunidade Curitiba Livre decidiram assinar a petição que apoiava o "FLISOL sem Ubuntu", aderindo assim a campanha. Provocados por todo esse debate, os membros da organização do FLISOL 2015 em Curitiba obviamente passaram a discutir internamento o assunto para chegar a decisão sobre o que seria feito no evento. Após a troca de e-mails e conversas presenciais, ficou claro que não haveria unanimidade dentro do grupo sobre apoiar a campanha do "FLISOL sem Ubuntu" ou do "FLISOL exemplar", mas que todo esse debate havia sido muito importante para chamar a atenção sobre o problema de instalar softwares não livres nos computadores dos visitantes.

Sendo assim,  ficou decidido que mesma orientação das edições anteriores do FLISOL em Curitiba continuaria valendo, ou seja, cabe ao voluntário/instalador decidir qual distribuição ele quer instalar, baseado no seu conhecimento. Se um visitante pedisse para instalar uma determinada distribuição e não houvesse nenhum voluntário disposto a instalar, a coordenação deveria orientar esse visitante a aceitar a instalação de outra distribuição.

Outras questões foram ponto de consenso entre os organizadores. São elas:

  • Se um visitante chegasse ao evento pedindo algum tipo de orientação sobre a distribuição Ubuntu e houvesse algum voluntário com conhecimento suficiente para ajudá-lo, o visitante receberia a atenção necessária. Sob nenhuma hipótese o visitante seria hostilizado por procurar ajuda sobre o Ubuntu.
  • Todos os voluntários dispostos a ajudar nas instalações seriam bem acolhidos,  independente de qual distribuição estivesse disposto a instalar. Sob nenhuma hipótese o instalador seria hostilizado por querer instalar o Ubuntu.
  • Os voluntários deveriam orientar a todos os visitantes sobre os problemas de instalar softwares não livres, especialmente blobs binários necessários para fazer algum hardware funcionar com GNU/Linux.

Durante o FLISOL 2015 em Curitiba foram instaladas 11 distribuições GNU/Linux completas, dividas assim:

  • Debian = 07
  • Fedora = 01
  • Mint = 02
  • Gentoo = 01

Como se pode ver, não houve nenhuma instalação do Ubuntu devido a ausência de voluntários dispostos a instalar essa distribuição. Aqueles visitantes que chegaram ao evento pedindo para instalar Ubuntu porque só tinham essa referência de GNU/Linux foram orientados a instalar outra distribuição, o que foi aceito por todos. Nenhum visitante que foi ao FLISOL 2015 em Curitiba para instalar uma distribuição GNU/Linux em seu computador/notebook saiu do evento sem conseguir esse objetivo.

A campanha "FLISOL 2016 #semUbuntu"

No dia 03 de fevereiro de 2016, o Anahuac lançou a campanha "FLISOL 2016 #semUbuntu" para a edição do FLISOL deste ano. A repercussão até o momento pode ser visto no histório da lista flisol-br.

Os membros da Comunidade Curitiba Livre que ano passado assinaram a petição que apoiava o "FLISOL sem Ubuntu" (e por consequência apoiaram a campanha) este ano deciram não apoiar a campanha "FLISOL 2016 #semUbuntu" por entender que a polêmica gerada ano passado não trará benefícios este ano.

O FLISOL 2016 em Curitiba

Iniciamos novamente a organização do FLISOL em Curitiba que acontecerá no dia 16 de abril de 2016 nas dependências da PUCPR. Na primeira reunião presencial dos organizadores do FLISOL 2016 em Curitiba, realizada no dia 14 de novembro de 2015, chegamos a conclusão que nos próximos meses o debate em torno do "FLISOL sem Ubuntu" e do "FLISOL exemplar" virá novamente à tona na comunidade brasileira de Software Livre, e por isso deveríamos desde já iniciar a discussão sobre como nos posicionaremos a respeito.

A conclusão que chegamos é que a postura adotada no FLISOL 2015 foi bastante satisfatória e que por isso vamos manter as definições, aprimorando e aprofundando algumas questões. Sendo assim, o FLISOL 2016 em Curitiba informa a todos que agiremos na seguinte forma em relação as instalações:

  • Caberá a cada voluntário/instalador decidir qual distribuição ele quer instalar, baseado no seu conhecimento.
  • Se um  visitante pedir para instalar uma determinada distribuição e não houver nenhum voluntário com disponibilidade para atender a esta especificidade, a coordenação deverá sugerir a esse visitante a instalação de outra distribuição, explicando a política do evento e oferecendo as outras opções existentes.
  • Se  um visitante chegar ao evento pedindo algum tipo de orientação sobre a  distribuição Ubuntu e houver algum voluntário com conhecimento suficiente para ajudá-lo, o visitante receberá a atenção necessária.  Sob nenhuma hipótese o visitante será hostilizado por procurar ajuda sobre o Ubuntu.
  • Todos  os voluntários dispostos a ajudar nas instalações serão bem  acolhidos, independente de qual distribuição estiver disposto a instalar. Sob nenhuma hipótese o instalador será hostilizado por querer  instalar o Ubuntu.
  • Sempre que um voluntário/instalador achar necessário instalar um software não livre, como por exemplo o Flash Player da Adobe para execução de alguns sites ou blobs binários para o funcionamento de algum hardware, ele deverá explicar ao visitante quais os motivos envolvidos (fabricantes que não tem interesse em desenvolver ou disponibilizar especificações para o desenvolvimento de drivers livres), quais as consequências dessa ação (falta de privacidade, falta de segurança, etc),  e que a partir daquele momento, o computador/notebook não terá apenas softwares livres. Após o visitante se sentir esclarecido sobre esse assunto, o voluntário/instalador deverá perguntar se ele concorda ou não com a instalação de softwares não livres, e apenas dar continuidade a instalação com o consentimento do vistante.
  • Se houver algum voluntário/instalador disposto a instalar uma distribuição 100% livre como aquelas recomendadas pela FSF, ele deverá informar ao visitante que existe a possibilidade de algum hardware do computador/notebook não funcionar devido a não inclusão blobs binários. Caberá ao visitante decidir se quer manter a instalação dessa distribuição ou se prefere ter outra instalada e por consequência procurar ajuda de outro voluntário/instalador. Provavelmente a instalação de outra distribuição implicará na instalação de blobs binários, o que deve ser esclarecido ao visitante conforma o tópico anterior.

Em um mundo perfeito, deveríamos instalar apenas softwares livres nos computadores/notebooks dos visitantes que vão ao FLISOL para instalar uma distribuição GNU/Linux, seguindo o próprio nome do evento que é: instalação de software livre. Mas devido a intransigência de fabricantes e desenvolvedores que fornecem seus softwares/drivers apenas em formato fechado, em vários casos nos sentimos compelidos a infelizmente instalar softwares não livres para não deixar os visitantes frustrados se o hardware não funcionar corretamente e/ou se não conseguir acessar um determinado site. 

Mas não queremos instalar indiscriminadamente softwares não livres nos computadores/notebooks dos visitantes sem explicar antes o porquê isso acontece e quais as consequências dessa ação. Seja qual for a distribuição GNU/Linux escolhida para instalar, todos os voluntários/instaladores se comprometerão a mostrar os benefícios mas também os malefícios, caso envolvam a instalação de softwares não livres.

Hoje estamos fazendo um FLISOL "possível", mas no futuro, com a pressão das sociedade sobre os fabricantes de hardware e desenvolvedores de software, queremos ter a chance de fazer um FLISOL ideal.

Organizadores do FLISOL 2016 em Curitiba.

 



Eventos de Software Livre em 2016

10 de Janeiro de 2016, 13:08, por Paulo Santana - 0sem comentários ainda

Eventos de Software Livre em 2016

 Obs: essa lista está em constante atualização.

 

JANEIRO

Campus Party Brasil 2016 - CPBR9
26 a 31 de janeiro de 2016
São Paulo - SP
http://brasil.campus-party.org

2º Encontro PyLadies Floripa
30 de janeiro de 2016
Florianópolis - SC
https://www.facebook.com/events/1660347674205807

FEVEREIRO

PHP com Rapadura in Fortaleza
26 e 27 de Fevereiro de 2016

Fortaleza - CE
http://phpcomrapadura.org

MARÇO

PgDay Curitiba
03 de março de 2016

Curitiba - PR
http://www.pgdaycuritiba.pr.gov.br

Open Data Day
05 de março de 2016

Várias cidades
http://opendataday.org

Mini-DebConf Curitiba 2016
05 e 06 de março de 2016

Curitiba - PR
http://br2016.mini.debconf.org

Open Education Week
07 a 11 de março de 2016

Várias cidades
http://www.openeducationweek.org

Workshop gratuito de programação para mulheres - Django Girls Porto Alegre
11 e 12 de março de 2016

Porto Alegre - RS
https://djangogirls.org/portoalegre

Workshop gratuito de programação para mulheres - Django Girls Rio de Janeiro
12 de março de 2016

Rio de Janeiro - RJ
https://djangogirls.org/riodejaneiro

Workshop gratuito de programação para mulheres - Django Girls Campinas
12 de março de 2016

Campinas - SP
https://djangogirls.org/campinas

Workshop gratuito de programação para mulheres - Django Girls Maceió
13 de março de 2016

Maceió - AL
https://djangogirls.org/maceio

Darkmira PHP Tour Brasil
18 a 20 de março de 2016

Brasília - DF
https://br.darkmiratour.com

DFD 2016 - Document Freedom Day
30 de março de 2016

Várias cidades
http://documentfreedom.org

ABRIL

 

Arduino Day
02 de abril de 2016

Várias cidades
http://day.arduino.cc

Zabbix Conference na América Latina
15 e 16 de abril de 2016

Porto Alegre - RS
http://www.zabbix.com/conference_latam_2016.php

FLISOL 2016 - Festival Latino-americano de Instalação de Software Livre
16 de abril de 2016

Várias cidades
http://www.flisol.org.br

Joomla Day Bahia
21 e 22 de abril de 2016

Salvador - BA
http://jdayba.com.br

Seminário de Tecnologia em Software Livre TchêLinux
23 de abril de 2016

Lajeado  - RS
http://lajeado.tchelinux.org

 

MAIO

12º Fórum Espírito Livre
04 a 06 de maio de 2016
Vila Velha - ES
http://forum.espiritolivre.org/12ed

1ª Semana da Computação da UFF
04 a 07 de maio de 2016

Rio das Ostras - RJ
https://semanadacomputacaouff.wordpress.com

CryptoRave
06 a 07 de maio de 2016

São Paulo - SP
https://cryptorave.org

Conferência PHPRS 2016
07 de maio de 2016

Porto Alegre - RS
http://www.eventick.com.br/conferencia-phprs-2016

Workshop gratuito de programação para mulheres - Django Girls Recife
13 e 14 de maio de 2016

Recife - PE
https://djangogirls.org/recife2016

Scratch Day
14 de maio de 2016

Várias cidades
http://day.scratch.mit.edu

SciPy Latin America 2016 - Computação Científica com Python
16 a 20 de maio de 2016

Florianópolis - SC
http://conf.scipyla.org/scipyla2016

LaKademy 2016 - 4º Encontro LatinoAmericano dos Colaboradores do KDE
26 a 29 de maio de 2016

Rio de Janeiro - RJ
https://br.kde.org/lakademy2016

1º Encontro de Dev's PHP com Rapadura
28 de maio de 2016

Fortaleza - CE
http://encontro.phpcomrapadura.org

JUNHO

13º Fórum Espírito Livre
08 a 10 de junho de 2016
Santa Tereza - ES
http://forum.espiritolivre.org/13ed

IV Python Nordeste
09 a 11 de junho de 2016

Teresina - PI
http://2016.pythonnordeste.org

Seminário de Tecnologia em Software Livre TchêLinux
11 de junho de 2016

Bagé  - RS
http://bage.tchelinux.org

RuPy Campinas 2015
18 de junho de 2016

Campinas - SP
http://campinas.rupy.com.br

BHack Conference
25 e 26 de junho de 2016

Belo Horizonte - MG
http://www.bhack.com.br

DrupalCamp Campinas 2016
25 de junho de 2016

Campinas - SP
http://campinas2016.drupalcamp.com.br

Caipyra - Conferência de Python em Ribeirão Preto
25 e 26 de junho de 2016

Ribeirão Preto - SP
http://caipyra.python.org.br

JULHO

LuaConf 2016
09 de julho de 2016

Rio de Janeiro - RJ
http://luaconf.com

FISL17 - Fórum Internacional Software Livre
13 a 16 de julho de 2016

Porto Alegre - RS
http://www.fisl.org.br

WordCamp Belo Horizonte
23 de julho de 2016

Belo Horizonte - MG
https://2016.belohorizonte.wordcamp.org

AGOSTO

WordCamp Fortaleza
13 e 14 de agosto de 2016
Fortaleza - CE
https://fortaleza.wordcamp.org/2016

Debian Day ou Dia do Debian
16 (ou 13) de agosto de 2016
Várias cidades
https://wiki.debian.org/DebianDay/2016

1º PHPSP+IMA
20 de agosto de 2016
Campinas - SP
http://phpspima.com.br

2º Tech Day do GURU-PR
20 de agosto de 2016
Curitiba - PR
http://www.gurupr.org/eventos/2-tech-day-do-guru-pr

1ª Conferência das Comunidades Python do Sudeste
27 e 28 de agosto de 2016
Belo Horizonte - MG
http://pythonsudeste.org

VIII FTSL - Fórum de Tecnologia em Software Livre
31 de agosto a 02 de setembro de 2016
Curitiba - PR
http://www.ftsl.org.br

SETEMBRO

PgDay Curitiba
02 de setembro de 2016
Curitiba - PR
http://pgdaycuritiba.blogspot.com.br

SFD 2016 - Software Freedom Day
17 de setembro de 2016
Várias cidades
http://softwarefreedomday.org

RubyConf Brasil 2016
23 e 24 de setembro de 2016
São Paulo - SP
http://rubyconfbrcfp.com.br

OUTUBRO

PGDay Campinas 2015
06 de agosto de 2016
Campinas - SP
http://pgdaycampinas.com.br

PythonBrasil[12] - 12ª Conferência Brasileira da Comunidade Python
13 a 18 de outubro de 2016
Florianópolis - SC
http://2016.pythonbrasil.org.br

XIII Latinoware - Conferência Latino-americana de Software Livre
19 a 21 de outubro de 2016
Foz do Iguaçu - PR
http://www.latinoware.org

 

NOVEMBRO

 

XIII FGSL - Fórum Goiano de Software Livre
18 e 19 de novembro de 2016
Goiânia - GO
http://2016.fgsl.net

DEZEMBRO

 

11ª PHP Conference Brasil
07 e 16 de dezembro de 2016
Osasco - SP
http://www.phpconference.com.br

Anos anteriores